NOTÍCIA ANTERIOR
ACIAM promove o curso ''eSocial''
PRÓXIMA NOTÍCIA
Taxa de lixo continua revoltando munícipes
DATA DA PUBLICAÇÃO 13/06/2018 | Cidade
Falta de consenso adia apresentação e votação de projeto que altera cobrança da taxa do lixo em Mauá
 Falta de consenso adia apresentação e votação de projeto que altera cobrança da taxa do lixo em Mauá Sessão foi marcada por protestos de munícipes contra o tributo. Foto: Daniel Costa/Mauá Agora/Divulgação
Sessão foi marcada por protestos de munícipes contra o tributo. Foto: Daniel Costa/Mauá Agora/Divulgação
Em uma sessão marcada por protestos contra a taxa do lixo, a chegada à Câmara de Mauá do projeto que oficializa o subsídio à tarifa mínima e ainda altera as faixas de cobrança do tributo foi adiada.

A promessa é que na sessão da semana que vem seja lido e votado um pacote de medidas, que incluem, além da mudança na taxa, a extinção da Hurbam (Habitação Popular e Urbanização de Mauá) e ainda de alguns cargos em comissão.

Duas versões circularam nos bastidores da Câmara. Uma foi de que a complexidade técnica dos temas impediu que a matéria fosse concluída até o começo da sessão. A outra foi a de que não haveria consenso ainda entre os vereadores para referendarem os projetos.

A pressão sobre os vereadores cresceu com a presença de alguns grupos que foram até a Câmara protestar. Os manifestantes ocuparam praticamente todas as cadeiras no espaço destinado ao público na sessão. Ao fim dos trabalhos, o grupo foi até a porta do prédio da Prefeitura.

O projeto que deve ser enviado pela administração tem como ideia principal aumentar o subsídio para manter a taxa mínima em R$ 8,92, na faixa de consumo de 10 metros cúbicos de água mensal. Uma nova estimativa do Paço dá conta que o valor seria de R$ 500 mil por mês.

O novo modelo tende a desmembrar o cálculo nas frações entre 20 e 50 metros cúbicos, considerada mais sensível e que abrangeria a maioria da população. No modelo atual, casas que produzem de zero a 10 metros cúbicos, pagam taxa de R$ 106,98, parcelada entre os 12 meses do ano. Entre 50 e 400 metros cúbicos, o valor anual foi fixado em R$ 2.050,86.

INVESTIGAÇÃO
Fontes ligadas ao Ministério Público afirmam que a entidade tem recebido contestações sobre a cobrança da taxa do lixo. Nos últimos dias foram registrados pedidos que reuniram até 5.000 assinaturas. A previsão é que o MP se manifeste em até dez dias sobre a possível continuidade de procedimentos.

Por Humberto Domiciano - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
18/06/2018 | Justiça afasta prefeito de Mauá do cargo e o impede de sair do país
18/06/2018 | Justiça afasta Átila do cargo de Prefeito
18/06/2018 | Gilmar Mendes concede Habeas Corpus a Átila
As mais lidas de Cidade
15/06/2018 | Gilmar Mendes manda soltar Atila Jacomussi
13/06/2018 | Falta de consenso adia apresentação e votação de projeto que altera cobrança da taxa do lixo em Mauá
14/06/2018 | MPF denuncia Atila e Gaspar pelo crime de lavagem de dinheiro
As mais lidas no Geral
15/06/2018 | Gilmar Mendes manda soltar Atila Jacomussi
13/06/2018 | Falta de consenso adia apresentação e votação de projeto que altera cobrança da taxa do lixo em Mauá
14/06/2018 | MPF denuncia Atila e Gaspar pelo crime de lavagem de dinheiro
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2018 - Desde 2003 à 5579 dias no ar.