NOTÍCIA ANTERIOR
Ribeirão Pires promove castração gratuita de cães e gatos
PRÓXIMA NOTÍCIA
Projeto educacional incentiva guarda responsável e promove feira de adoção
DATA DA PUBLICAÇÃO 13/03/2018 | Setecidades
Tentativa de assalto a banco termina com funcionária morta
Tentativa de assalto a banco termina com funcionária morta Michelle Bertoloni, 27 anos, foi baleada por vigilantes durante luta corporal com criminosos. Foto: Claudinei Plaza/DGABC
Michelle Bertoloni, 27 anos, foi baleada por vigilantes durante luta corporal com criminosos. Foto: Claudinei Plaza/DGABC
Tentativa de assalto ao Banco Mercantil do Brasil, localizado na Rua Marechal Deodoro, no Centro de São Bernardo, terminou com uma funcionária morta, na manhã de ontem. A supervisora Michelle Bertoloni, 27 anos, foi atingida no tórax por projétil disparado por um dos três vigilantes do estabelecimento. Os criminosos, com 32 e 43 anos, também foram baleados pelos vigias e seguem internados – eles estavam com armas de brinquedo. Nada foi roubado.

De acordo com o delegado de plantão do 1º DP (Centro) de São Bernardo, Sandro Mazzo, a bala atingiu a jovem nas costas e perfurou o peito, na região do coração. Michelle morreu na hora. Moradora do bairro Nova Petrópolis, ela havia sido promovida na semana passada.

Segundo o pai da vítima fatal, Rogério Bertoloni, 52, a filha primogênita – única mulher entre três irmãos – estava feliz por fazer carreira no banco – ingressou como estagiária. “Ela era alegre, determinada e trabalhadora. Gostava de viajar e estava feliz com o novo cargo. Muito triste tirarem a vida de quem estava só começando (a viver).”

AÇÃO DESCOORDENADA

Imagens de câmeras de segurança mostram que os criminosos entraram no banco às 10h10. Um deles foi até o caixa eletrônico, o que despertou a desconfiança de um dos vigias, que foi até o suspeito. O homem, que portava simulacro de revólver, tentou desarmar o segurança. Diante da cena, os outros dois vigilantes também entraram em luta corporal com os assaltantes. Dois dos três vigias efetuaram sete disparos. Um deles atingiu Michelle, que estava distribuindo senhas de atendimento aos clientes.

Os assaltantes foram socorridos ao PS (Pronto-Socorro) Central e transferidos para o Hospital de Clínicas, onde farão cirurgia para retirada das balas hoje. Um deles foi baleado no abdomem, pescoço e braço. O outro, na região do rosto.

As armas dos vigilantes foram apreendidas. Será feito exame de balística para saber de onde partiu o tiro que atingiu a funcionária. “Acreditamos que havia outros indivíduos com os assaltantes fora do banco, mas não foi possível localizar nenhum deles. Isso será investigado”, diz o delegado.

O Banco Mercantil do Brasil lamentou o ocorrido e disse que a prioridade é o suporte à família da vítima e aos colaboradores. A empresa de segurança – cujo nome não foi divulgado – não informou se haverá punições aos vigilantes.

Presidente do Sindicato dos Bancários, Belmiro Moreira diz que a entidade cobrará “apoio médico e psicológico aos funcionários e também que a agência fique fechada o quanto for preciso.”

Polícia investiga envolvimento de vítimas do Jd.Calux com o tráfico

O envolvimento das duas vítimas fatais e quatro feridos em crime no Jardim Calux, periferia de São Bernardo, na madrugada de domingo, com o tráfico de drogas está sendo averiguado pela Polícia Civil. O caso, registrado na Rua Manuel Guedes, altura do número 70, passou a ser de responsabilidade da delegacia de homicídios do município.

Eduardo Donizete Silva Santos, 25 anos, e Maxuel Nonato de Souza, 24, foram atingidos por três e seis tiros, respectivamente, e não resistiram. De acordo com a Prefeitura, os outros quatro feridos passam bem. Erick Pereira Vieira, 19, João Victor da Silva Bispo, 19, e Pedro Henrique Lopes de Lima, 21, receberam alta hospitalar ontem. Já Francisco de Assis Junior, 23, está estável no Hospital de Clínicas da cidade.

“É importante levar em conta o histórico de atuação de milícias e justiceiros naquela região. Estão tentando identificar os atiradores com base nas imagens de vídeo adquiridas”, observa o coordenador da Comissão da Criança e do Adolescente do Conselho Estadual de Direitos Humanos, Ariel de Castro Alves.

Por Ana Beatriz Moço - Diário Online
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
15/06/2018 | SBCTrans tem ônibus com 20 anos de uso
14/06/2018 | Serviços públicos terão esquema especial
14/06/2018 | Saneamento básico da região apresenta melhora nos índices
As mais lidas de Setecidades
13/06/2018 | Moradores sinalizam fiação solta pela via com tecido na Vila Homero Thon
13/06/2018 | Coop lança Festival de Sopas para o inverno
14/06/2018 | Serviços públicos terão esquema especial
As mais lidas no Geral
15/06/2018 | Gilmar Mendes manda soltar Atila Jacomussi
13/06/2018 | Falta de consenso adia apresentação e votação de projeto que altera cobrança da taxa do lixo em Mauá
14/06/2018 | MPF denuncia Atila e Gaspar pelo crime de lavagem de dinheiro
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2018 - Desde 2003 à 5579 dias no ar.