NOTÍCIA ANTERIOR
Vagas de emprego no CPTR de Mauá (12/03)
PRÓXIMA NOTÍCIA
Mauá lança programa ''Bom Dia Saúde''
DATA DA PUBLICAÇÃO 12/03/2018 | Cidade
SESI Mauá recebe o espetáculo Estamira – Beira do Mundo
SESI Mauá recebe o espetáculo Estamira – Beira do Mundo Baseado em uma história real, a peça Estamira – Beira do Mundo venceu os prêmios Shell, APTR, APCA, Questão de Crítica e Festival de Teatro do Rio. A entrada é gratuita. Crédito: Felipe Araújo Lima
Baseado em uma história real, a peça Estamira – Beira do Mundo venceu os prêmios Shell, APTR, APCA, Questão de Crítica e Festival de Teatro do Rio. A entrada é gratuita. Crédito: Felipe Araújo Lima
Dias 16 e 17 de março, sexta e sábado, às 20h, o SESI Mauá recebe o espetáculo Estamira – Beira do Mundo, e o público poderá conferir a excelente interpretação da atriz global Dani Barros, que atuou nas novelas Tapas & Beijos, Fina Estampa, Império, entre outras. Em tom de ironia, a peça instiga o público a refletir sobre o descaso com que tratam pessoas às margens da sociedade. Os ingressos gratuitos podem ser reservados pelo telefone 4542-8977, pelo sistema Meu SESI, no site www.sesisp.org.br/meu-sesi, ou ser retirado na bilheteria do teatro 30 minutos antes da apresentação.

Inspirada no documentário homônimo sucesso de críticas em 2006, o espetáculo conta a história de Estamira, uma catadora de lixo que, devido à sua doença mental crônica, se torna a profetisa do lixão. Com uma percepção de mundo devastadora e surpreendente, Estamira provoca o público a refletir sobre como a organização da sociedade implica em tantas outras doenças.

O espetáculo torna o lixão um reflexo irônico e trágico da própria condição em que vive o povo brasileiro. Sob a visão da catadora, cartas, memórias e histórias virão à tona para mudar os limites entre sanidade e loucura. Em meio ao lixo, a voz de Estamira é uma resposta à negligência social que centenas de pessoas enfrentam.

“Há histórias que de tão lindas merecem ser contadas, de tão fantásticas se tornam teatrais. Histórias que são duras demais para serem lembradas, caras demais para serem esquecidas. E que encontram no teatro uma morada”, afirma a diretora da montagem Beatriz Sayad.

Em um cenário em que os loucos, os pobres e as mulheres são, muitas vezes, marginalizados e oprimidos apenas por ser quem são, a peça retrata o desamparo humano e social que assola a sociedade por todo o mundo. A peça venceu os prêmios Shell, APTR, APCA, Questão de Crítica e Festival de Teatro do Rio na categoria Melhor Atriz em 2012.

SERVIÇO

Local:
SESI Mauá - Av. Presidente Castelo Branco, 237, Zaira.

Alvará 030100-0, válido até 31/08/2021 / AVCB 258896, válido até 31/08/2021.

Datas e horários: dias 16 e 17 de março, sexta e sábado, às 20h

Capacidade: 108 lugares e 2 para cadeirantes

Duração: 75 minutos

Classificação indicativa: 12 anos

Modalidade: Adulto

Gênero: Drama

Informações: (11) 4542-8977

Site: maua.sesisp.org.br

Entrada gratuita – Reservas antecipadas: http://www.sesisp.org.br/meu-sesi

Ou pelo telefone: 11 4542-8977. Uma cota de ingressos será distribuída 30 minutos antes do início dos eventos. Entrada gratuita.

Por Sesi SP - Redação
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Cidade
18/06/2018 | Justiça afasta prefeito de Mauá do cargo e o impede de sair do país
18/06/2018 | Justiça afasta Átila do cargo de Prefeito
18/06/2018 | Gilmar Mendes concede Habeas Corpus a Átila
As mais lidas de Cidade
15/06/2018 | Gilmar Mendes manda soltar Atila Jacomussi
13/06/2018 | Falta de consenso adia apresentação e votação de projeto que altera cobrança da taxa do lixo em Mauá
14/06/2018 | MPF denuncia Atila e Gaspar pelo crime de lavagem de dinheiro
As mais lidas no Geral
15/06/2018 | Gilmar Mendes manda soltar Atila Jacomussi
13/06/2018 | Falta de consenso adia apresentação e votação de projeto que altera cobrança da taxa do lixo em Mauá
14/06/2018 | MPF denuncia Atila e Gaspar pelo crime de lavagem de dinheiro
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2018 - Desde 2003 à 5579 dias no ar.