NOTÍCIA ANTERIOR
Atrium Shopping abre espaço dedicado ao casamento
PRÓXIMA NOTÍCIA
Aplicativo para previsão do tempo está em fase de teste
DATA DA PUBLICAÇÃO 09/02/2018 | Setecidades
Campanhas para a segurança no trânsito são tímidas na região
Campanhas para a segurança no trânsito são tímidas na região Contran elaborou calendário de ações que devem ser feitas durante o ano em todo território nacional. Foto: EBC
Contran elaborou calendário de ações que devem ser feitas durante o ano em todo território nacional. Foto: EBC
O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) oficializou, nesta semana, o tema Nós Somos o Trânsito como mote de campanhas educativas direcionadas para a segurança viária em 2018 em todo o território nacional. Ainda tímidas na região, as ações buscam reduzir de maneira drástica o índice de mortes no trânsito no Brasil.

De acordo com a resolução publicada pelo órgão, municípios de todo o País deverão adotar estratégia única na realização de campanhas educativas de trânsito, seguindo calendário já definido pelo Contran (conforme arte acima).

A ideia é que em peças publicitárias destinadas à divulgação ou à promoção, nos meios de comunicação social, de produtos oriundos da indústria automobilística ou afins, municípios busquem o envolvimento direto da sociedade nas ações de segurança viária propondo uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade.

Para José Aurelio Ramalho, diretor-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, a proposta vem ao encontro da ideia de que as pessoas são o grande diferencial entre ter trânsito seguro ou se envolver num acidente que pode levar à morte.

“Os acidentes não acontecem, mas são frutos de escolhas inadequadas e arriscadas. noventa por cento dos acidentes têm como motivação as falhas humanas, como imperícia, imprudência e desatenção. Somos os responsáveis pelos nossos atos no trânsito e ter consciência clara disso é um dos caminhos para a reversão do triste cenário não só do Brasil”, ressalta Ramalho.

De acordo com o chefe do departamento de medicina de tráfego da Abramet (Associação Brasileira de Medicina de Tráfego) Dirceu Rodrigues Alves Júnior, a expectativa é que, com calendário já em mãos, prefeituras consigam colocar em prática aquilo que já está previsto em lei. “É obrigação dos municípios zelarem pela vida dos motoristas e pedestres, mas para isso é necessário que as campanhas sejam feitas regularmente e não só uma vez por ano, como acontece em muitos locais, como é o caso do Grande ABC”, frisa.

Dados do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) divulgados no mês passado apontam crescimento de 18,72% no número de óbitos durante o deslocamento por vias da região ao longo de 2017 na comparação com o mesmo período de 2016 – passaram de 203 para 241 ocorrências.

NA REGIÃO

Em Santo André, a promessa deste ano, além de seguir o calendário do Contran, é ampliar o Espaço Vivencial de Mobilidade, dobrando a capacidade de atendimento, aumentar os recursos pedagógicos e aperfeiçoar outras campanhas feitas pelo município.

São Bernardo, por sua vez, diz que mantém calendário de ações preventivas para um trânsito mais seguro, com eventos de educação para o trânsito visando a conscientização dos motoristas e a necessidade de se respeitar as leis. A administração destaca, por exemplo, a implantação de travessias elevadas e adequações de semáforos nos principais cruzamentos da cidade.

Mauá afirma que, com a instalação da Secretaria de Trânsito e Sistema Viário pela atual administração, foi criado também o núcleo de educação para mobilidade. Desde do início da gestão, o referido núcleo tem feito campanhas educativas, sempre acompanhando o calendário nacional de eventos. Por meio deste grupo, foram iniciadas visitas para diagnóstico e construção de planos de ação contendo medidas preventivas e de melhorias com relação a infraestrutura, fiscalização e conscientização de locais com acidentes de trânsito.

Em Rio Grande da Serra, embora o município não tenha estruturalmente um departamento de trânsito, a promessa é a de que a Prefeitura desenvolva, juntamente com a Polícia Militar e a Secretaria de Educação e Cultura, ações durante a Semana Nacional do Trânsito no mês de setembro e participe também da campanha Maio Amarelo.

Por Daniel Macário - Diário do Grande ABC
Assine nosso Feed RSS
Últimas Notícias Setecidades - Clique Aqui
As últimas | Setecidades
14/08/2018 | Mulher morre atropelada em terminal
14/08/2018 | Nova fórmula da taxa do lixo de Rio Grande gera alta de até 300%
09/08/2018 | Atrium Shopping promove atrações de música para comemorar o Dia dos Pais
As mais lidas de Setecidades
07/08/2018 | Duas cidades ficam sem água amanhã
09/08/2018 | Polícia investiga a morte de dois homens em casa abandonada
07/08/2018 | Corpo de agente que estava desaparecida é velado em São Bernardo
As mais lidas no Geral
09/08/2018 | Câmara de Mauá vira a página sobre afastamento de Atila
07/08/2018 | Compradores ocupam apartamentos e usam ‘'gatos'’ em água e luz
07/08/2018 | Mauá recebe 1º Festival de Churros
Mauá Virtual
O Guia Virtual da Cidade

Todos os direitos reservados - 2018 - Desde 2003 à 5636 dias no ar.